Resenha Carrie, a Estranha (Stephen King)

Livraria Cultura

Livraria Cultura

Carrie (Carrieta) é fruto do deslize no voto de castidade de um casal extremamente fanático por suas crenças religiosas. O pai morre em um acidente no trabalho antes do nascimento da garota, o que só parece confirmar a Margaret White, sua mãe, que Deus cobra caro pelos pecados cometidos. A mulher cria sua filha na base da violência e ameaças de condenação, a trancando em um armário sempre que a garota fazia algo que julgava errado. Não poucas foram as vezes que Carrie ficou trancada no pequeno cômodo durante longos períodos, sem poder…(para ler o post completo, CLIQUE AQUI)

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha Carrie, a Estranha (Stephen King)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s